☑️  ENVÍO GRATIS a toda Colombia por compras superiores a $ 79.000 (*)

eBook

SINOPSIS DEL LIBRO:

O RETRATO DO SR. W. H. é uma história acerca da tentativa de se descobrir a identidade do Sr. W. H., o homenageado enigmático dos sonetos de Shakespeare. Em 1609, foi publicado a primeira edição dos Sonetos de Shakespeare, apresentando a misteriosa dedicatória: "Para o Senhor W.H." Desde então, a identidade do senhor W. tem sido objeto de uma série de teorias fascinantes - mas ninguém foi tão engenhoso quanto Oscar Wilde ao elaborar sua teoria no RETRATO DO SR. W. H. É baseado em uma teoria, originada por Thomas Tyrwhitt, de que os sonetos foram dirigidos a Willie Hughes, retratado na história como um ator jovem da companhia de Shakespeare. A única evidência para esta teoria é um conjunto de sonetos (como o Soneto 20), que fazem trocadilhos com as palavras "Will" e "Matizes". No relato, o pesquisador da Universidade de Cambridge Cyril Graham passa os seus dias analisando as obras de Shakespeare e faz um descobrimento muito surpreendente: o Senhor W. H. a quem Shakespeare dedicou os seus sonetos não é ninguém menos do que Will Hughes, um dos atores de sua companhia. Como ninguém compartilha de sua teoria, Graham passa a se valer de outros métodos para convencer os seus pares, levando a uma série de fatos misteriosos até um final surpreendente. Conhecido por seu estilo de vida extravagante e pouco ortodoxo, Oscar Wilde, um dos maiores escritores da língua inglesa nesta obra demonstra toda sua genialidade e apresenta o estilo que o caracterizaria como um dos maiores intelectuais de todos os tempos.

Características:

Atributos LU
Año de Edición
2012
Descatalogado
NO
Tipo
eBook
Autor
Oscar Wilde, Luciana Salgado
Subtítulo
Edição bilíngue português - inglês
ISXN
9788588781863
Idioma
Inglés
Núm. Páginas
96
Peso (Físico)
0
Tamaño Archivo (Virtual)
1.32
DRM (Virtual)
Formato Electrónico (Virtual)
EPUB
Título
O retrato do Sr. W.H.: The portrait of Mr. W.H.
Biografía del Autor
<p>OSCAR WILDE, nascido em 16 de outubro de 1854 na cidade de Dublin, Irlanda, viveu na efervescente capital inglesa, frequentando ciclos de escritores, atores e figuras de destaque da &eacute;poca, sendo enaltecido por importantes figuras liter&aacute;rias, como o dramaturgo George Bernard Shaw, os poetas norte-americanos Walt Whitman e H. W. Longfellow, e o escritor franc&ecirc;s St&eacute;phane Mallarm&eacute;. <br>Casado em 1884 com Constance Lloyd, teve dois filhos a quem Oscar Wilde se devotava de corpo e alma e cujo afastamento por decis&atilde;o de Constance ap&oacute;s sua pris&atilde;o foi devastador. Mesmo ap&oacute;s o casamento, manteve-se muito conhecido e requisitados em todas as rodas liter&aacute;rias, honrado com todos os compromissos aos quais era convidado. Tornou-se realmente uma pessoa indispens&aacute;vel e comentada aos eventos sociais, espalhando glamour e coment&aacute;rios por onde passava. <br>Possu&iacute;a uma apar&ecirc;ncia que atra&iacute;a os olhares: vestia-se elegante e extravagantemente bem, com roupas e adere&ccedil;os que, segundo suas pr&oacute;prias palavras, sempre refletiam o que de mais &iacute;ntimo existia dentro dele. Embora bem conhecido nos c&iacute;rculos sociais, Wilde recebeu pouco reconhecimento por sua obra durante muitos anos at&eacute; a estreia de \"O Leque de Lady Wildermere\" que consolidou sua fama liter&aacute;ria a partir de 1892. O simulacro, o homem e seu retrato eram a maneira pela qual o autor se utilizava para se relacionar com o mundo, mas o per&iacute;odo de seu sucesso foi extremamente curto. <br>Na noite de estreia de sua obra-prima teatral \"A Import&acirc;ncia de Ser Constante\" em 1895, o marqu&ecirc;s de Queensberry, pai de Lorde Alfred Douglas, jovem aristocrata com quem Wilde estava se relacionando &agrave; &eacute;poca, iniciou uma campanha p&uacute;blica contra o autor. Por influ&ecirc;ncia de Lorde Douglas, Oscar Wilde decidiu mover uma a&ccedil;&atilde;o contra o pai do rapaz, acusando-o de difama&ccedil;&atilde;o. Quinze semanas mais tarde, Wilde perderia o processo e, em 1895, era preso e condenado a dois anos de trabalhos for&ccedil;ados. Ao ser libertado em 1897, Wilde muda-se da Inglaterra em dire&ccedil;&atilde;o ao continente europeu. L&aacute; adota o pseud&ocirc;nimo de Sebastian Melmoth e em companhia de Robert Ross publica \"A Balada do C&aacute;rcere de Reading\" e \"A Alma do Homem sob o Socialismo\", suas &uacute;ltimas produ&ccedil;&otilde;es liter&aacute;rias. Logo ap&oacute;s, fixa resid&ecirc;ncia em Paris, onde corrige e publica \"Um Marido Ideal\" e \"A Import&acirc;ncia de Ser Constante\", demonstrando que se encontrava no comando de si mesmo e de todo seu talento liter&aacute;rio. Todavia se recusa a escrever qualquer novo material, declarando que \"posso continuar a escrever, mas perdi a satisfa&ccedil;&atilde;o para tal\". <br>Em 30 de novembro de 1900, Wilde, empobrecido, esquecido e doente, veio a falecer em um quarto do H&ocirc;tel d\'Alsace, em Paris. Como legado, deixou-nos uma obra admir&aacute;vel representada por contos, romance, poesias e pe&ccedil;as teatrais que at&eacute; hoje s&atilde;o encenadas.</p>
Botón empaque navideño
ISBN: 9788588781863
Referencia: BW1012760359

Compra el libro

eBook
Cargando comentarios…
$ 13.900 COP
Guía básica cómo descargar un ebook